O Router FiberGateway MEO (GR241AG) a partir da versão de firmware 3RGW040200r015 (update a 27-03-2018) passou a permitir configuração em modo Bridge, podendo utilizar um segundo router para gerir a ligação de rede à internet.

Alterar o FiberGateway MEO (GR241AG) para Modo Bridge

  1. Aceder à página interna do Fibergateway, na linha de endereço do browser, digitar http://192.168.1.254 e clique na tecla Enter

Os dados predefinidos de utilizador e password são:

  • Utilizador: meo
  • Palavra-passe: meo

2. Clique em LAN Local Area Network > separador Caracteristica > Modo Bridge e clique em editar

Fibergateway modo bridge

3. Alterar a opção Ativar modo bridge de off para on e clique em guardar

Fibergateway ativar modo bridge

4. Ligue um cabo de rede da porta LAN 4 no router FiberGateway Meo à porta WAN do 2º Router que pretende utilizar, este último deverá ter o DHCP Client / Automatic IP ativo para receber o IP da ligação de internet.

           Nota:  a(s) Box do Meo e terminais telefónicos necessitam de manter-se ligados ao Router FiberGateway Meo (para ajuda consultar esquema de ligação do Router FiberGateway MEO).

Esquema de ligaçao do Router em modo Bridge

O router Fibergateway MEO deve estar ligado através da porta LAN 4 com a porta WAN do 2° Router que irá receber o IP Público da ligação de internet.

Fibergateway ligações modo bridge

Tens alguma questão deixa um comentário para que possamos ajudar.

Configurações Passo a Passo

Este artigo foi útil?

Duarte Spínola

55 Respostas para “FiberGateway MEO – Configurar em modo Bridge”

  1. Peter Romão

    Tendo lido todos os comentários continuo com dificuldades de configuração da minha infraestrutura de rede.
    O que pretendo é ter 3 redes independentes a funcionar atrás do FGW MEO da seguinte forma:
    Rede 1. Uma lan privada em ambiente doméstico onde todos se podem ligar à internet com os mais variados dispositivos. Gama pretendida 192.168.1.0/24.
    Rede 2. Outra lan privada em ambiente Small Business, onde tenho um servidor Windows 2013 com todos os serviços de rede para gerir a gama 10.0.0.0/24 e que providencia DHCP, DNS para as máquinas deste domínio, e onde tenho um servidor Linux, com sistema ERP para ser acedido tanto por fora (internet) como por dentro via wireless ou wired.
    Rede 3. Uma rede wireless para Malta convidada que se liga esporadicamente e que não se quer que se liguem às outras duas redes.

    Tenho para o efeito um Router da Cisco um WRVS4400N V2, que me permite, penso eu, resolver a questão da Rede 2.
    O FGW resolve-me o problema das outras duas redes. A Rede 1- doméstica com tudo ligado nas portas LAN 1-3 do FGW outros AP inclusive para estender a rede Wi-Fi, mantendo o mesmo SSID para comutação automática entre AP’s e a Rede 3 com os serviços MEO-guest do FGW.

    Já tentei o modo Bridge para ligar o cisco ao FGW, mas passado um tempo começo a ter problemas de DNS e a máquinas deixam de se encontrar na Rede 2.

    Parece-me que tenho dois serviços de DNS a chocar, o do FGW a fazer o relay do DNS da ligação WAN e o do servidor Windows 2013 a servir DNS através do DHCP relatório que configurei no Cisco (de outro modo não conseguiria traduzir os host nomes da rede 2 para IP’s nas máquinas que se ligam a esta rede). Um sintoma interessante é que o problema não acontece quando os pc’s se ligam wired. O problema do aparente choque DNS acontece quando os dispositivos se ligam via wireless. Neste caso deixam de ver as outras máquinas na rede 10.0.0.x.

    O que será que estou a fazer mal ou será que existe outra forma de organizar esta infraestrutura que não esteja a ver?

    Obrigado por qualquer ajuda.

    Responder
    • Duarte Spínola

      Só para esclarecer:
      O Cisco WRVS4400N V2 está a fornecer ligação Wireless? em que modo Acess Point, WDS Repeater, WDS Bridge,…?
      Na rede 2 o Cisco WRVS4400N V2 é quem faz de servidor de DHCP, e na sua configuração o Static DNS , é o IP de máquina (com o Windows Server 2012R2) que faz de Servidor de DNS?
      Os dispositivos que se ligam por Wireless quando apresentam o constrangimento de DNS qual o IP e DNS que obtém?

      Responder
      • Peter Romão

        Obrigado pelas perguntas,
        [“O Cisco WRVS4400N V2 está a fornecer ligação Wireless? em que modo Acess Point, WDS Repeater, WDS Bridge,…?]”
        O Cisco está a fornecer Wireless com SSID e canal diferente daquele que o FGW fornece (o primeiro é para os que acedem à rede 10.0.0.x small business e o segundo é para os residentes domésticos).
        O Modo em que está a funcionar no Wireless é em modo AP, creio eu (em lado nenhum permite especificar o contrário, aliás no separador “Wireless” só permite escolher o modo de rede – B-Only, G-Only, N-only, etc.)

        [“Na rede 2 o Cisco WRVS4400N V2 é quem faz de servidor de DHCP, e na sua configuração o Static DNS , é o IP de máquina (com o Windows Server 2012R2) que faz de Servidor de DNS?”]
        Não. O Cisco está configurado em modo de DHCP Relay e onde tb. especifiquei o servidor Windows (estático – 10.0.0.4) como o servidor DHCP (este servidor tem também o serviço/servidor DNS activo).

        [“Os dispositivos que se ligam por Wireless quando apresentam o constrangimento de DNS qual o IP e DNS que obtém?”]
        Às vezes recebem um IP da Rede 10.0.0.x – conforme especificado pelo servidor 10.0.0.4. Outras vezes não recebem nada e ficam com um endereço privado 169.254.0.x sem que consigam aceder a nada.

        Daí a minha dúvida sobre os DNS’s. Já me aconteceu tb. estar tudo a funcionar bem, e de repente perde-se todo o acesso na rede Wireless e os clientes ligados ficam sem se conseguir ligar quando desligo e ligo o acesso ao SSID para obter novamente um endereço DHCP. Também já me aconteceu ficar sem conseguir receber um ip DHCP quando me liguei por cabo. Tive que reiniciar o router para que tudo funcionasse outra vez, mas por pouco tempo.

        Gostava de resolver este passo para que depois passasse à consiguração por via externa a esta subrede 10.0.0.x.

        Obrigado, uma vez mais,
        Peter

        Responder
        • Duarte Spínola

          Quando um equipamento na rede assume o endereço 169.254.x.x, significa que não está a conseguir contactar o servidor DHCP 10.0.0.4 (que neste caso é o servidor Windows).
          Pelo que para diagnosticar se a anomalia está no Servidor Windows ou no Router Cisco, deveria começar por configurar o Router Cisco como Servidor de DHCP, podendo mapear os diferentes equipamentos da rede e tirar o servidor Windows da equação, se deixar de ter problemas o constrangimento era no servidor, se manter o constrangimento deverá ser ao nível do Router Cisco.

          Responder
  2. Paulo Santos

    Bom dia

    O router é um TP link TL-wa801ND e não tem porta WAN ( Azul ) devo tentar na unica porta que têm?

    Responder
    • Duarte Spínola

      O TP-LINK TL-WA801ND é um Access Point (AP) que tem como principal função expandir a rede wireless. Com o Router Meo Fibergateway em modo Bridge, deves ligar o cabo ethernet da porta LAN 4 do Fibergateway, à unica porta ethernet do AP TP-LINK TL-WA801ND, e ligar o TP-LINK à corrente electrica e ligares os equipamentos via Wireless através da Rede do TP-LINK. O TP-LINK TL-WA801ND deve estar em um modo “Access Point” ou “Multi-SSD”. Se necessário aceder à página interna do TP-LINK TL-WA801ND e efetuar a configuração, consultar o quick guide do equipamento https://www.tp-link.com/pt/support/download/tl-wa801nd/

      Responder
  3. Paulo Santos

    Boa noite

    Tenho esse router com a versão de software 3RGW040400r014 que nos permite fazer bridge.
    Tentei este metodo mas o router continuou com as configurações antigas devo fazer um reset ao router tp-link?
    Neste momento ele está a fazer de repetidor, mas cada vez que ligo tenho de reiniciar o fgw.

    Agradeço ajuda

    Responder
    • Duarte Spínola

      O Router FiberGateway MEO (GR241AG) ao ser colocado em Modo Bridge, necessita:
      1. ligar a porta WAN 2ºRouter à porta LAN 4 do Router Fibergateway da MEO (como demonstrado na imagem em Esquema de ligaçao do Router em modo Bridge);
      2. o router tp-link deve estar configurado com “DHCP Client / Automatic IP” ativo para receber o IP da ligação de internet (não foi referido o modelo do router mas deverá ser Menu Network –> WAN e selecionar Dynamic IP).

      Responder
  4. Bruno

    Boas,

    Tenho este router há uns meses e tenho andado aí as voltas mas não consigo resolver o meu problema.

    Tenho uma NAS ligada ao FGW por cabo de rede e queira aceder à NAS de qualquer lado. Acontece que este router é muito limitado na configuração dos serviços de DNS dinâmico e precisava de usar outro serviço. Pensei em usar um segundo router, um velinho D-Link dir-655 ligado em bridge so mesmo pra me deixar usar um serviço de DNS personalizado.

    É possível usar e configurar o DNS dinâmico, redirecionamento de portas, e etc do D-LINK ligado em bridge, ainda que a NAS esteja ligada ao FGW?

    Se sim qual é a gama de IP Com que devo configurar nos dois routers para que todos os equipamentos apareçam na rede?

    Posso usar um spliter no cabo de rede LAN 4 que vem do FGW dividindo assim o sinal para o DLink e para uma Meo box que tenho na sala muito distante do FGW?

    As minhas desculpas se alguma pergunta já tiver sido respondida mas acontece que continuo com algumas dúvidas mesmo depois de ter lido.

    Desde já agradeço

    Responder
    • Duarte Spínola

      A melhor solução será utilizar o DNS Dinamico que é fornecido pela MEO Gratuitamente e pode ser configurado na área de cliente https://cliente.meo.pt, o serviço tem o nome IP Dinâmico (DynIP) e está associado ao serviço de Internet.
      O DNS Dinamico tem o formato xxxx.dynip.sapo.pt e não é configurar no router para ele dar indicação do IP associado à sua ligação de internet.
      Se Router Fibergateway em Bridge então a ligação de internet é controlada somente pelo D-LINK pelo que a abertura de portas deve ser efetuado neste router.
      O DLINK não necessita de ter gama especifica, dado que em brige não é possivel comunicar entre equipamentos da rede Fibergateway com o D-LINK, pelo que ligado às restantes LAN’s 1 a 3, deve estar ligado a BOX MEO. No D-LINK que passa a gerir a internet deve estar ligado todos os restantes equipamentos para acesso à internet.

      Responder
  5. Frederico Aleixo

    Bom dia.
    Tendo o router MEO FiberGateway em modo bridge e ligando outro router X na porta 4, podem-me dizer porque é que as Box para a TV têm de ficar ligadas ao router MEO FiberGateway e não ao router X? Qual é o impedimento de as ligar ao router X?

    Responder
  6. Duarte Spínola

    Os equipamentos (Televisor, bluray) ligados ao router para conseguirem o máximo fornecido pelo acesso à internet, necessitam de ter portas gigabit. Se nem o TENDA AC10 que supostamente é Gigabit não está a receber, recomendo que faça reset ao Router Meo Fibergateway. O Fibergateway em modo Bridge a ligação à internet passa a ser feita esclusivamente com o TENDA AC10, poderá configurar os DNS que desejar por exemplo, podendo obter melhores velocidades de internet e não ter os sites bloqueados pelos Operadores.
    Atenção: em bridge a box do MEO terá de ficar ligado à porta LAN do Meo Fibergateway.

    Responder
    • jorge

      após vinda de um tecnico da MEO a minha casa, ele descobriu que o cabo de rede CAT5E ( que tem 8 fios) apenas 6 estavam ligados e por isso so chegar 100mb, depois de ligar os restantes fios passou logo para 400mb no segundo router ac10 TENDA.
      obrigado

      Responder
      • Duarte Spínola

        Muito obrigado pelo teu feedback, está informação pode ajudar outros utilizadores. É será um bom artigo para o portal a criar brevemente, as várias categorias Cat5, Cat5e, Cat6, Cat6a,etc de cabos rj45 e respetivas características /limitações de velocidade.

        Responder
  7. jorge

    olá, recentemente instalei serviço MEO com a internet a 400M/100M de velocidade router gateway e tenho 2 questões para colocar?

    1º constatei que as portas LAN do router são todas 1GH mas só está a sair 100M em cada uma, como posso alterar ( tenho uma porta ligada a um televisor, outra a um bluray, box meo e a outro router.

    2º questão prende-se com a ligação a outro router da marca TENDA AC10 que tenho na outra ponta da casa o qual só recebe 100M/100M mas não esta em modo bridge, devo colocar ?qual a vantagem de o por em modo bridge? como receber mais velocidade neste router

    Responder
  8. Carlos Afonso

    Tenho o fibergateway numa divisão da casa e uso um switch ao qual liguei um access point para ligar uma meo box, a smart tv e ter wi-fi na sala. Seria possível substituir estes dois equipamentos por um segundo router por exemplo asus rt-ac58u?

    Obrigado

    Responder
  9. Duarte Spínola

    O router Meo deveria estar em bridge, com um cabo ligado da porta LAN 4 do Meo Fibergateway à wan do Router Asus, e será do Asus que devem devem sair os restantes cabos para os switchs/Quartos para fornecer o acesso à internet ao restantes equipamentos. A box (s) MEO devem estar ligadas directamente ao Router Meo Fibergateway qualquer uma das portas LAN 1, 2 ou 3 Fibergateway. `

    Resumindo:
    Meo Fibergateway em Bridge, e com 1 cabo da LAN 4 à wan do router Asus;
    Box’s do MEO devem estar ligadas directamente ao Meo Fibergateway em qualquer uma das portas LAN 1, 2, ou 3;
    Os switchs passam a estar ligados às portas LAN do Router Asus;
    Qualquer configuração de Portas/regras NAT são geridas no Router Asus.

    Responder
    • João Sousa

      Já tinha pensado nessa possibilidade, mas falta-me um cabo de um router para o outro. Com outro router meo já tive o Asus a funcionar como router do operador, conseguia ligar a box a este router. Não é possível configurar o router Asus desa forma?

      Responder
      • Duarte Spínola

        A ASUS permite a configuração tal como indicado http://asus-portugal.com/isp-config/tutorial-meo.html ativando a opção Special Requirement from ISP e selecionar MEO no Select ISP Profile, mas é ligando o ONT à porta WAN do Router Asus, mas que no caso do Meo Fibergateway o ONT é integrado (Router + ONT) não irá funcionar dado que a vlan de TV será sempre gerida pelo Router Meo Fibergateway e não pelo Router Asus (mas sempre pode testar para ter a certeza).

        Responder
        • João Sousa

          Já tentei mas não funciona, pelo menos com as definições base do router para o meo.

          Responder
  10. João Sousa

    Desde já agradeço todo o interesse em ajudar.
    A minha rede em casa, uma vez que não foi feita de raiz, foi feita conforme as necessidades. Então cá vai:
    A casa é composta por 4 andares, cave, r\c, 1º e sótão. O router meo está no 1º andar que é onde entra a fibra e onde tenho a distribuição do telefone e da rede de tv, logo não posso mudar o router para outro lado. A este liga um cabo para o sótão, outro para um quarto e dois vêm para a sala no r\c. Na sala um cabo do router meo vai à box e outro vai a um switch que por sua vez liga um cabo ao router Asus (está sub aproveitado como AP) e tenho outro cabo ligado ao switch que vai para a cave.
    Em todos os andares tenho diversos equipamentos e em todos tenho switchs. A ideia era interligar toda a casa com o router Asus a fazer a gestão como deve entender oferece mais facilidades que o router da meo, por muito bom que já seja. Vou tentar fazer um desenho para ajudar e dar mais alguns dados.

    Obrigado

    Responder
  11. Duarte Spínola

    Se estás a ligar em bridge (não irás conseguir comunicar com equipamentos ligados no Meo Fibergateway a partir do Router Asus), ou ligas todos os equipamentos ao router Asus (excepto Meo Box, Telefone devem continuar ligados ao Meo Fibergateway) ou a opção passa por não utilizares o bridge, mas efetuares uma ligação “LAN to LAN” como descrito no meu comentário anterior: Duarte Spínola 1 Setembro, 2018

    Responder
    • João Sousa

      Pois, já calculava que não haveria hipótese de contornar. No meu caso tenho alguns problemas que não consigo resolver, o primeiro é não conseguir aceder do exterior à minha rede de casa, mesmo depois de seguir vários tutoriais. O segundo é ter um RT-AC3200 a fazer de AP, quando com este consigo fazer tudo através dele… Tem alguma ideia como resolver estes dois problemas?

      Obrigado pela ajuda.

      Cumprimentos

      Responder
      • Duarte Spínola

        Não tenho detalhe suficiente de como está estruturada a sua rede, mas penso que o que tem actualmente será o Meo Fibergateway em Bridge e na LAN 4 tem ligado o Router Asus RT-AC3200 a servir de Access Point. Se sim, os equipamentos ligados ao Meo Fibergateway têm internet, mas não vão estar acessíveis do exterior, não vão permitir configurar abertura de portos / regras NAT, apenas os ligados ao Router Asus é que através deste podem efectuar configurações de regras. Em bridge, os equipamentos devem ser ligados ao router que irá gerir a ligação de internet, que no seu caso será o Router Asus, caso contrario iremos ter equipamentos em redes distintas e não comunicam entre si, e como indicado anteriormente, não consegue configurar regras de abertura de portos/NAT para os que estejam ligados no Router Meo fibergateway. Para que tudo funcione em bridge desta forma deve garantir que todos os seus dispositivos da sua rede estejam ligados ao Router Asus que é o equipamento que gere o seu acesso de internet e onde pode efectuar a configuração de portos / NAT (não ligar nenhum equipamento às portas LAN excepto box meo e LAN4 > 2º Router Asus) e desativar a interface ou não se ligar ao Wifi do router Meo fibergateway.

        Se pelo contrario necessita de equipamentos ligados em ambos os router Meo Fibergateway e no Asus, então deve criar uma “LAN-to-LAN”, o router Meo Fibergatewa não poderá estar em bridge, o Router Asus é ligado a uma qualquer porta LAN do Fibergateway. O Meo Fibergateway irá gerir a ligação e atribuição de IP’s aos diferentes equipamentos ligados em ambos os router’s, no Asus deverá desactivar o servidor de DHCP. Desta forma todos os dispositivos que se ligarem a ambos os routers vão estar na mesma LAN, pode atribuir o mesmo nome de rede Wifi e manter a password no router Asus, é recomendado alterar o canal associado ao Wifi para reduzir interferências.
        Em modo LAN-to-LAN, dado que é o Meo Fibergateway que gere a ligação de internet, a abertura de portos / NAT terá de ser efectuado no router Meo Fibergateway.

        Se a situação / constrangimento não é este, para o poder ajudar solicito que detalhe exactamente como está estrutura da rede / ip’s / gamas utilizadas.

        Responder
  12. João Sousa

    Boa tarde Duarte,

    Segui todos os passos e compreender todo o que atrás foi dito mas tenho um problema, embora todos os equipamentos estejam na mesma gama de ip´s não consigo aceder através de um pc ligado a um Asus a equipamentos ligados ao router meo. Penso que o problema já foi levantado atrás mas não consegui entender como resolvê-lo.

    Cumprimentos

    Responder
  13. Hélder Luís

    Boas pessoal, tenho um fibergateway instalado pela meo recentemente, e gostaria de de saber se é possível ligar um segundo router igual? Tenho um colega que me consegue um. Tudo isto porque o meu segundo router é um. Asus que cumpre o serviço, mas ainda nem dual band é! É possível então ligar dois fibergateway? No meu Asus liguei na porta wan.

    Obrigado

    Responder
    • Duarte Spínola

      Poderá efetuar uma ligação “LAN to LAN”, ligar o 2º Fibergateway a uma porta LAN do Fibergateway principal que é o que irá gerir a ligação e atribuição de IP’s aos diferentes equipamentos ligados em ambos os router’s, no 2º Fibergateway deverá desativar o servidor de DHCP. Desta forma todos os dispositivos que se ligarem a ambos os routers vão estar na mesma LAN, pode atribuir o mesmo nome de rede Wifi e manter a password, é recomendado alterar o canal associado ao Wifi para reduzir interferências.
      Outras configurações, como abertura de portas, configuração de DNS dinamico, Firewall, terá de ser efectuado no Fibergateway principal que é o responsável pela gestão do acesso à internet (WAN).

      Responder
  14. Ricardo

    Boa noite, tenho meo fibra e também queria ligar um segundo router, consegui, primeiro apenas via portas Lan e com o dhcp desativo no segundo router , e agora fiz como explicou , mas acontece o mesmo de ambas as maneiras, a velocidade máxima cai para 30 megas via wifi em ambos os router´s e quando não tenho o segundo router ligado a velocidade é de cerca de 350 megas.

    Consegue ajudar pff ?

    Obrigado

    Responder
    • Duarte Spínola

      Qual a marca e modelo do 2 router ligado a porta LAN4?

      Responder
      • Ricardo

        Boa tarde o 2º router trata-se de um SAGEMCOM F@st 3184( router de um contrato que tive com a NOS), serão configurações ?
        Não consigo perceber o motivo de a perda de velocidade também se verificar no router da meo, tenho mesmo de comprar um router novo ou acha que existe solução ?

        Obrigado pela ajuda

        Cumprimentos

        Responder
        • Duarte Spínola

          Do que consegui pesquisar na Internet (informação é escassa ) o SAGEMCOM F@st 3184 apenas tem disponível portas Ethernet 10/100, pelo que a velocidade de Internet no 2ª router será sempre inferior à do Fibergateway (que tem portas Gbit). No caso do Fibergateway do Meo em Bridge os débitos deveriam manter-se +/- idênticos aos obtidos anteriormente (350mbps), a não ser que existam equipamentos ligados ao 2º router a ocupar até um máximo de 100mbps (download+upload), velocidade máxima da porta Ethernet do SAGEMCOM. Terei de investigar mais um pouco para tentar encontrar motivo de o Router Fibergateway ficar com velocidades inferiores.

          Responder
          • Ricardo

            Em relação ao segundo router pelas minhas pesquisas já tinha em consideração que a velocidade debitada via wifi iria ser menor devido ás suas caracteristicas,neste segundo router via portas LAN só tenho mesmo a ligação ao router principal, e via wi-fi no máximo dois dispositivos moveis! Irei fazer reset ao segundo router e repetir o processo para ver se existe alguma diferença!

            Obrigado

          • Ricardo

            Ola de novo, o problema persiste e agora com a agravante de que mesmo desligando o segundo router , o router da meo via wifi só me dá velocidades de 30 megas !?

            Pode ajudar pff

          • Duarte Spínola

            Deverá reiniciar o Fibergateway (desligar/ligar da corrente eléctrica) ou através da opção na página interna do router que deve voltar ao normal. Está a registar-se via wireless na rede 4.5Ghz ou 5Ghz?

  15. Paulo Furtado

    Boa tarde. Estou a tentar usar o meu Asus RT-AC87u, ligando a sua porta WAN à LAN 4 da FGW. No lado do Asus tenho a WAN configurada para utlizar “Automatic IP” e do lado da FGW activei o modo bridge.

    O que acontece é que o Asus (em modo Router) não consegue obter IP algum do FGW. De notar que, em termos de LAN, o Asus por defeito usa o 192.168.1.1, o que de qualquer modo não entra em conflito com o 192.168.1.254 do FGW. No entanto ambos têm o DHCP activo, o que pode gerar conflitos de IP address, visto que ambos usam a mesma gama de LAN addresses (192.168.1.0/24).

    Tenho o Asus a funcionar com um router 4G via USB, em que ambos os routers têm DHCP ativo também. De forma ao Asus obter um endereço automáticamene do 4G. No entanto o router 4G está numa LAN diferente, 192.168.0.0/24, enquanto o Asus usa 192.168.1.0/24. Deste forma o WAN address do Asus é algo como 192.168.0.2. O Asus é inteligente o suficiente para perceber que está por detrás de outro router. Tenho Double NAT mas está longe de ser um problema.

    Diria que para ter isto a funcionar com a FGW da MEO, tenha que fazer algo semelhante. Isto é, garantir que os Routers no fundo usam LANs diferentes. Ter “Autimatic IP” ao nível da WAN no Asus não chega para ter o setup descrito a funcionar.

    Obrigado
    Paulo

    Responder
    • Duarte Spínola

      Dado que o 2º router que se liga à LAN 4 do Router Fibergateway com bridge ativado, irá receber um IP publico do ISP, pelo que não interessa se têm ou não gamas de IP distintas (dado que em termos de LAN, os equipamentos estão em redes separadas mesmo com a mesma gama 192.168.1.0/24 de IP’s configuradas em ambos os routers). Foi testado com Router MSI RG54G3, com WAN em Dynamic IP para receber o IP publico do ISP e permite o acesso à internet dos diferentes dispositivos ligados nas restantes portas LAN e Wireless do Router MSI, quer com a mesma gama 192.168.1.0/24 ou distinta 192.168.2.0/24.

      Responder
      • rafa

        Tenho um asus ligado ao fgtw na porta 4 em modo bridge ambos os routers em lans diferentes apesar da mesma gama confere porém não consigo entender no asus já configurei para a wan utilizar os DNS que pretendo no entanto o meu traceroute apartir de qualquer dispositivo ligado quer ao asus que ao fgtw passam sempre obrigatóriamente nos DNS do isp não sei como mudar isso

        Responder
        • Duarte Spínola

          Garante que o router ASUS tem na opção WAN DNS Settings selecionado No, e introduz os servidores de DNS que pretendes, e num computador ligado por Wireless ou LAN no Router Asus, e na linha de comandos digita o comando nslookup, em Address confirma qual o endereço de IP do servidor de DNS que está a utilizar, se efetivamente está ou não a utilizar os DNS que foi configurado no router Asus. Equipamentos ligados ao Router Fibergateway, vão usar o do ISP.

          Responder
  16. César Moura

    Boa tarde Sr, Duarte,
    Desde já agradeço a sua rápida resposta. Adicionalmente, questiono se algum daqueles modelos indicados Router ASUS RT-AC53 AC750 Dual-Band Gigabit WiFi), com norma 802.11 ac) realizam o emparelhamento/colagem automaticamente ao fibergateway sem necessidade de realizar configurações adicionais. Obrigado

    Responder
    • Duarte Spínola

      De acordo com o manual do ASUS RT-AC53, este na opção “WAN – Internet Connection” tem a opção “Automatic IP”, é de facil configuração.

      Responder
  17. Duarte Spínola

    Qual a marca e modelo do Router que está ligado à porta LAN 4 do Fibergateway da MEO? Ligado ao router obtens IP válido? Consegues pingar o Gateway do Router?

    Responder
    • Antonio Ferreira

      Boa noite,
      marca é Thomson modelo é TG784n .este router era utilizado anteriormente quando tinha ADSL.

      Responder
      • Duarte Spínola

        O Thomson TG784n, não permite que se configure a porta wan para receber o IP de outro Router. Não é possivel essa configuração.

        Responder
        • Antonio Ferreira

          Obrigado, poderá aconselhar-me um router que permita essa configuração?
          Muito grato
          Cumprimentos

          Responder
          • Duarte Spínola

            Qualquer router que suporte na configuração WAN Dynamic IP serve, vai depender de que outras características necessita. Ter atenção, para escolher router com portas LAN gigabit e Wireless 802.11ac dual-band (2.4Ghz e 5Ghz) para obter os melhores débitos disponibilizados pelo acesso de internet. Ex. Asus RT-AC1200G+ cerca de 56€, Asus RT-AC51U – cerca de 36€

  18. Antonio Ferreira

    Boa tarde,
    Segui todos os parametros indicados,e não obtenho internet por Lan.
    Como posso controlar o DHCP Cliente ativo.
    Cumprimentos

    Responder
  19. César Moura

    Boa tarde,

    Solicito informação acerca da conexão na porta LAN 4, ativando o modo brigde. Questiono se é possível esta ser partilhada? Ou seja, no meu router o cabo ethernet está conectado a um switch passivo, que por sua vez distribui a rede por mais portas nas divisões da habitação. Conectando uma dessas ligações a um 2.º router é viavél? Ou a ligação tem de ser exclusiva.
    Obrigado

    Responder
  20. Gonçalo

    Boa noite
    Sou cliente Meo e tenho um serviço M4O com velocidade de 200Mbps mas com o router que tenho so6 consigo estas velocidades por cabo. Entretanto fui a casa de amigos meus em que tem o mesmo serviço mas como foi instalado recentemente o router é o fibergateway e conseguem ter os mesmos 200 Mbps mas por wireless.
    Já contactei a Meo mas como o router não tem avaria não o podem trocar.
    Posso comprar um destes router e instalar no lugar do que tenho em casa?
    Se sim podem ajudar na configuração?
    Obrigado
    Gonçalo

    Responder
    • Duarte Spínola

      O router Meo Fibergateway tem de estar registado nos sistemas do MEO para que funcione, não vale apenas adquires. Se o objetivo é teres velocidades superiores por wireless e partindo do principio que os teus equipamentos Wireless (Tablets, Telemóvel, PC’s) têm interface com norma 802.11 ac, e o teu router Meo tem atualmente porta Gigabit (geralmente porta 4 do router), podes adquiri um access point ou outro router Wifi (Gigabit – ex. Router ASUS RT-AC53 AC750 Dual-Band Gigabit WiFi), com norma 802.11 ac para conseguir atingir as velocidades de internet até 200mbps (limitado pelo teu plano de internet)

      Responder
  21. Pedro Leandro

    Como actualizo o meu router? ele ainda enta com software 3RGW040000r051

    Responder
    • Duarte Spínola

      A atualização tem de ser despoletada pela MEO/Altice, basta ligar para o suporte técnico 16200 (cliente residencial) / 808205020 (cliente empresarial) ou via area de clientes do MEO, pedir para atualizar o router Fibergateway, que será despoletado remotamente.

      Responder

Deixe um Comentário